As palavras mais difíceis de serem pronunciadas do mundo


As palavras mais difíceis de serem pronunciadas do mundo

Aprender um idioma é algo muito divertido e que aproxima os indivíduos de diferentes culturas. As línguas estrangeiras são ferramentas de comunicação importantes para a vida profissional e também para o crescimento pessoal. No entanto, quem estuda uma linguagem nova se depara com uma série de desafios. É comum que o aluno encontre vários termos complicados de se pronunciar. Cada dialeto tem seus fonemas próprios que não são fáceis de serem reproduzidos por falantes de outras origens.

Confira alguns exemplos de palavras de difícil pronúncia

Em francês

O francês é uma língua bastante sonora, porém apresenta diversas idiossincrasias. Por exemplo, ela tem 13 formas de se falar a vogal “o”. Também é precisa observar que as consoantes como “t” e “s” não são faladas no fim das palavras. Sendo assim, há uma diferença grande entre escrita e pronúncia.

• Ingénieur (engenheiro): O acento e a vogal anasalada deixam a expressão intrincada;
• Souer (irmã): No francês, há certas combinações de vogais que criam um som diferente e dificultam a vida dos estudantes;
• Gagner (ganhar): Pronuncia-se o “gn” como se fosse “nie”.

Em inglês:

• Sixth (sexto): Composta por fonemas semelhantes e inexistentes em outras línguas;
• Squirrel (esquilo): Falar o “rr” não é fácil para a maioria dos estudantes de inglês;
• Choir (coral): Pelo som usual de suas letras, a pronúncia seria algo como “tchoir”, em português. Porém, a articulação certa aproxima-se de “quáir”.

Em alemão:

O alemão tem por característica a junção de mais de uma palavra para formar um novo termo. Como consequência, o idioma é repleto de expressões extensas.

• Honigkuchenpferd: Refere-se ao sorriso que uma pessoa dá quando é flagrada em uma situação constrangedora;
• Frühjahrsmüdigkeit: É a palavra que define a preguiça que se sente com a chegada da primavera e a expectativa das férias de verão;
• Backpfeifengesicht: Alguém que merece levar um soco.
É válido notar que um estudante tende a ter menos problemas em pronunciar palavras dos idiomas que apresentem a mesma raiz de sua língua nativa. Além disso, alfabetos distintos tornam a compreensão do dialeto ainda mais desafiadora. Por esse princípio, incluiu-se na lista só linguagens que usam o alfabeto latino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *